AUTOMAÇÃO – AGORA, DURANTE OU PÓS PANDEMIA

Em 2020, “o Homem teve um novo valor humano” quando a pandemia do coronavírus (a Covid-19) forçou uma mudança de hábitos planetária e sem precedentes.

Aproximadamente 4 bilhões de pessoas em todo o mundo (ou mais da metade da população mundial) estão submetidas a alguma medida de isolamento social. A estratégia para conter o avanço do novo coronavírus foi o caminho escolhido por mais de noventa países, algo substantivo, superlativo e assustador. Vivemos sob tensão, incerteza e desorientados sobre o futuro. Os profissionais da área da saúde têm se empenhado para vislumbrar um futuro em que tecnologias digitais ajudem a fomentar novos negócios e modelos de assistência médica. O objetivo é construir um cenário mais acessível e sustentável.

A pesquisa mostra que se a área da saúde recebesse mais investimento e atenção, as questões-chaves que atrapalham o desenvolvimento poderiam agilizar processos e reduzir custos, melhorar a qualidade e o acesso a esses mecanismos, além de investimento em inovação e no meio digital para priorizar a modernização do ambiente por meio de novas tecnologias como inteligência artificial, robótica, automação para permitir a expansão além do tradicional.

Iniciado o estado de calamidade, a ânsia de regressar à vida normal aumenta.

A automação na área de saúde, (quanto maior agilidade melhor), antes muito questionada, começa a caminhar a passos rápidos para uma realidade comum, podemos ver que a tecnologia está facilitando esses processos.  Esse serviço automatizado organiza, agiliza as rotinas sem a necessidade de um atendente humano, minimiza o grau de urgência do paciente.

Quando um paciente da entrada em um hospital, dependendo do horário ou do fluxo de paciente ou rotinas, a espera para ser atendido é grande. Com a automação, essa correspondência é quase instantânea. Dessa forma, a instituição garante uma experiência mais humana, pois demonstra preocupação com a urgência do paciente.

Seja para agora, neste momento de pandemia, ou para o pós-crise, a automação se mostra como uma alternativa viável que garante a satisfação dos pacientes e a otimização dos seus processos.

Conclusão

Com a Pandemia ficam três fatos:

A certeza de que estamos sempre a começar…

A certeza de que é preciso continuar…

A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar

Por isto devemos:

Fazer da interrupção um caminho novo…

Da queda, um passo de dança…

Do medo, uma escada….

Do sonho, uma ponte…

Da procura, um encontro. (Fernando Sabino)

Leandro T. Ferracini

O que achou deste artigo, foi útil? Compartilhe com um amigo.
Siga nossos perfis nas redes sociais e não perca as próximas atualizações.

Venha conversar conosco

#automação #saudedopaciente #saudedigital #coronavirus #covid19 #pandemia #atualizacao #satisfaçãodopaciente #otimização #areadasaude

.

MENU

PRODUTOS

Rolar para cima